Sobre ansiedade, esperança, e nossos „filhos de férias“.

Bom dia, gente.

O vídeo de hoje está meio cheio de sentimentos.

Quem está ou já esteve num processo de adoção, sabe que a espera e as complicações no meio do caminho muitas vezes nos trazem sentimentos que não conseguimos nem entender direito, nem controlar. Muitas vezes são sentimentos bonitos, mas outras vezes nem tanto. Porém, todos eles fazem parte desse processo. Nossa história seria incompleta se nós contássemos só sobre as partes bonitas.

Então aqui vai, minha sessão „abrindo o coração“ pra vocês!

Carinho, Carol.

2 Gedanken zu “Sobre ansiedade, esperança, e nossos „filhos de férias“.

  1. Elisabete Prado Oppliger schreibt:

    Carol, é claro q. seus sentimentos são aceitáveis e compreensíveis. Eles só são sentimentos novos, e por isto desconhecidos. Creio q. tudo faz parte do processo de amadurecimento de vcs. como pais – Vc. sabe q. atuei como „Familia Acolhedora“ no Br. e sabe, a cada nova criança q. vinha ou q. ia, a vó e eu eramos inundadas por sentimentos de alegria, tristeza, medo e expectativa, mta coisa junta… mas é uma experiência fantástica. Qdo assisti seu penultimo vídeo pensei em lhes propor esta forma de paternidade até q. chegue o momento de receberem seus filhos. Sabe q. mtos casais, ao invés de adoção, optam por esta paternidade temporária? (https://www.youtube.com/watch?v=b3hi2iIwvms) Existem vários v’ideos sob o título „Familia Acolhedora“ como é chamado o Projeto no Br. O fato de se poder atender mais crianças e de se dedicar à necessidade delas (deixando ao lado, ou esquecendo um pouco, a nossa necessidade de sermos pais) é fascinante. Creio q. sua semana de férias serão inesquecíveis e de mto crescimento. Q. Deus continue ao seu lado e q. seu coração aprenda a conviver com todos estes sentimentos q. fazem parte da maternidade. Amo vcs. e fico por aqui, torcendo q. Deus tome o controle total de cada passo q. vcs. terão q. dar nesta caminhada. Bjo

    Gefällt mir

  2. Norbert Melchert schreibt:

    Eu quero ser Senhor Amado
    Como vazo nas mãos do Oleiro
    Quebra minha vida (ou minhas ansiedades)
    E faze-a de novo

    ELE continua moldando minha filha amada
    Lembra que já faz quase trinta anos que cantamos essa música na varanda de casa!!
    (Ops….. Revelei tua idade, )
    Amo vocês

    Gefällt 1 Person

Kommentar verfassen

Trage deine Daten unten ein oder klicke ein Icon um dich einzuloggen:

WordPress.com-Logo

Du kommentierst mit Deinem WordPress.com-Konto. Abmelden /  Ändern )

Google+ Foto

Du kommentierst mit Deinem Google+-Konto. Abmelden /  Ändern )

Twitter-Bild

Du kommentierst mit Deinem Twitter-Konto. Abmelden /  Ändern )

Facebook-Foto

Du kommentierst mit Deinem Facebook-Konto. Abmelden /  Ändern )

Verbinde mit %s